O cristão e a política – John MacArthur

 
Jesus nunca se envolveu com política, na verdade, os judeus esperavam um líder político que os livrasse do domínio romano, que os libertasse daquela opressão e sofrimento da escravidão. Os judeus esperavam que Jesus fosse restaurar a Israel o reino e torná-los livres.
Mas quando Jesus entrou em Jerusalém, sendo aclamado Rei, Ele não estava indo como um líder político resolver problemas sociais temporais, Ele não tinha um palácio, não tinha um trono, não tinha tomado o trono de Herodes, ele não tinha exército nem cavalaria. Ele era um Rei espiritual e o seu trono era o coração de cada homem que se submetesse ao Seu Governo, por isso Ele disse: ” O Reino de Deus chegou” e depois: ” meu Reino não é desse mundo”.
Como no próximo ano teremos eleições, e venho pensando muito sobre isso, até que ponto devo me envolver com política?
Uma coisa é clara para mim, não preciso ficar alienada e sem me informar sobre a situação política do Brasil pois sou cidadã brasileira, mas Diante de Deus, qual deve ser minha postura? Meditando sobre isso, compartilho com vocês o comentário de John MacArthur sobre isso:
 
O cristão e a política – John MacArthur
 
Como cristãos, como deve ser nosso posicionamento quanto à política?
– Como cristãos, devemos procurar contribuir pelo que é bom e justo para a sociedade, então quando algo acontece no cenário político que me dê oportunidade de contribuire votar pelo que é justo e honrável, que irá honrar a Deus, que irá proteger a sociedade do mau, nesse caso, como cristão, devo votar pelo que está de acordo com os padrões bíblicos.
Mas eu entendo o seguinte: isso é apenas um dever civil, que está separado do meu chamado de pregar o evangelho, pois somos embaixadores de Cristo e nossa missão é o Ide.
A igreja precisa evitar perder tempo poltizando e apenas votar pelo que é justo e proclamar o Evangelho pois o Evangelho é o poder de Deus para salvação de todo que crê. (Romanos 1:16)
 
E quanto aos pastores, devem se envolver com política?
– Se você é um pregador do Evangelho e é um pastor, você deve se destacar por pregar o Evangelho de Jesus Cristo e nada mais.
Se você quiser tirar um tempo com algo que não importa para a eternidade e nem para o Reino de Deus, a política é uma das alternativas. Se um pastor está fazendo isso, ele está tirando um tempo com algo que está fora de sua missão pois a única coisa que o diferencia é pregar o Evangelho de Deus.
 
Para o Reino de Deus, não importa quem é o presidente dos Eua (nem do Brasil), simplesmente não importa.
Então, nosso voto não vai fazer diferença nenhuma?
O ponto é o seguinte: a política não traz nenhum impacto no Reino de Deus, seja em nosso país ou em outro qualquer, lembre-se que Jesus disse: ” meu Reino não é desse mundo”.
 
Podemos ter uma preferência por um presidente, parlamentar ou alguém, mas no fim, nada da política mudará a eternidade de ninguém senão o Evangelho e é nisso que o cristão deve focar, o Evangelho é que deve ser sua paixão.
A Bíblia é a nossa Constituição.
image
Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s