Como disciplinar os filhos biblicamente

andar-com-deus

 

Toda disciplina, incluindo aquelas que os pais são responsáveis por aplicar em casa, é um esforço positivo e altamente valioso. Precisamos entender que não gostamos de ver nossos filhos chorar, mas sabemos que o benefício a longo prazo vale a dor de curto prazo que estamos lhe infringindo. Disciplina é uma atividade que acontece no “momento” mas sempre tendo em vista o “depois”. A palavra hebraica usada pelo Antigo Testamento e a palavra grega usada no Novo Testamento para “disciplina” transmitem a ideia de correção que resulta em educação.

Ex: O fazendeiro empreende a disciplina de arar, plantar e tomar conta do solo não tendo em vista essas atividades em si mesmas, mas tendo em vista a colheita que elas irão resultar.
O vestibulando empreende a disciplina de estudar exaustivamente, deixar de se divertir, de sair com os amigos, tendo em vista o resultado de passar no vestibular.

A disciplina com amor é estar disposta a infligir dor se necessário para aplicar medicamentos que podem restaurar a saúde dos filhos, uma injeção, um curativo, uma cirurgia. E nossos filhos sofrem de uma doença terminal que os levará à morte: o pecado.
Para essa doença terminal, Deus estabeleceu um princípio de tratamento desde a mais tenra idade e esse ensino está em sua Palavra.
“A insensatez (estultícia) está ligada ao coração da criança, mas a vara da disciplina a livrará dela.”Provérbios 22:15

O mundo vê hoje a disciplina como uma palavra feia e algo negativo, restritivo que é associado a pensamentos de punição, dor, sofrimento e privação. Embora essas realidades possam estar envolvidas de certa maneira, toda verdadeira disciplina nunca é um fim em si mesma. Sempre é um meio para um fim desejável.
Como Hebreus 12.11 explica: “Toda disciplina, com efeito, no momento não parece ser motivo de alegria, mas de tristeza; ao depois, entretanto, produz fruto pacífico aos que têm sido por ela exercitados, fruto de justiça”.

Deus nos trata como filhos nessa passagem quando ele diz: “Filho meu, não menosprezes a correção que vem do Senhor, nem desmaies quando por ele és reprovado; porque o Senhor corrige a quem ama e açoita a todo filho a quem recebe” (Hb 12.5-6).

Da mesma maneira, Deus chama os pais a serem como ele, amando os próprios filhos o suficiente a ponto de discipliná-los apropriadamente. Ele faz isso expondo os benefícios positivos que derivam da disciplina das crianças. “Corrige o teu filho, e te dará descanso, dará delícias à tua alma” (Pv 29.17) – Não apenas os pais se beneficiam, mas a criança também se beneficiará.
Assim como a criança entregue a si mesma, envergonha os pais, como diz em Provérbios 29:15 -“A vara da disciplina e as palavras da repreensão dão sabedoria, mas o jovem abandonado à sua própria sorte envergonhará sua mãe.”

Ef 6: 4- “vós, pais, não provoqueis a ira dos vossos filhos, mas educai-os na discilplina e no conselho do Senhor.”
As duas ferramentas principais que Deus criou para que os pais usassem na criação dos filhos são a “disciplina” do Senhor e a “instrução” do Senhor.
Essas palavras transmitem duas atividades paternais vitais. A primeira é física e a segunda é verbal.
A disciplina do Senhor é aquilo que é feito a uma criança ao passo que a instrução do Senhor é aquilo que é dito a uma criança. Elas devem ser usadas juntas para que as crianças sejam treinadas devidamente a viver bem no mundo.

“Não retires a disciplina da criança; pois se a fustigares com a vara, nem por isso morrerá. Tu a fustigarás com a vara, e livrarás a sua alma do inferno.” Pv 23:13,14

Disciplina bíblica e abuso infantil são duas coisas completamente diferentes e não tem nada a ver com violência induzida por raiva, pois será necessário calma e conversa: ensino e instrução do que é certo para aprender o que fazer no lugar do erro.
Não é suficiente que um pai aplique a vara; ele deve também aplicar palavras. Ele deve dar a instrução do Senhor assim como a disciplina do Senhor. Quando a vara tiver que ser empregada, a criança deve ser ensinada a ver a situação à luz da verdade bíblica.

Salmos 94:12 – “Bem-aventurada a pessoa a quem disciplinas, ó Senhor, aquele a quem ensinas a tua Lei,”

“Ensina a criança no Caminho em que deve andar, e mesmo quando for idoso não se desviará dele!”
Pv 22:6
Que caminho é esse? A Bíblia tem todos os valores necessários para treinarmos nossos filhos em todas as áreas da vida deles.

# 1a. Responsabilidade dos pais:desenvolver a salvação dos filhos pois eles não nascem amando a Deus. Precisamos cortar o mal pela raiz, assim como a medicina que trabalha com a indústria farmacêutica para lucrarem fortunas com remédios e por isso não tem interesse de curar as doenças, combatem sintomas e não as causas. Remedio pra baixar a febre, mas a infecção deixa e sem imvestigar a causa e isso sustenta a venda de remédios. A única maneira de proteger nossos filhos é através da conversão deles, pois quem nascer de novo, receberá um novo coração e odiará o pecado. Pode ter ideologia de gênero, homossexualidade, pode ter o diabo, mas o que nascer de novo é de Cristo e não vai se perder.

Gl 4:19 – até que Cristo seja formado neles.
Até que ele seja regenerado, seja salvo e responda ao evangelho com arrependimento e fé. Pois ai ele estará pronto para sobreviver ao tsunami das ideologias do anti-Cristo que virá!

# 2a. Responsabilidade dos pais – discipular os filhos, instruir, catequesisar e doutrinar na Santa Doutrina de Cristo – temos que inculcar, ensinar a Lei de Deus insistentemente aos nossos filhos, como? como diz em Dt 6 :4- 7:
“Ouve, ó Israel: Yahweh, o nosso SENHOR, é o único Deus! Amarás o SENHOR, teu Deus, com todo o coração, com toda a tua alma e com todas as tuas forças.
Que todas estas palavras que hoje te ordeno estejam em teu coração!
Tu as ensinarás com todo o zelo e perseverança a teus filhos.
Conversarás sobre as Escrituras quando estiveres sentado em tua casa, quando estiveres andando pelo caminho, ao te deitares e ao te levantares.”

Somente assim, as futuras gerações conhecerão e temerão a Deus, como diz o Salmo 78: 3-8:
“O que ouvimos e aprendemos, o que os pais nos contaram, não o ocultaremos aos filhos; transmitiremos à geração vindoura as gloriosas realizações do SENHOR,
seu poder e as maravilhas dos seus feitos.
para que a geração seguinte o aprendesse;
e os filhos que haviam de nascer, quando maduros, o transmitissem igualmente a seus filhos, para que depositassem em Deus sua confiança e não se esquecessem dos feitos de Deus, mas guardassem seus mandamentos, a fim de não se tornarem como seus pais, geração indócil e rebelde, geração de coração inconstante, de espírito infiel a Deus.”

A missão dos pais na vida dos filhos é sagrada, a família é sagrada e faz parte do propósito de Deus para o homem e justamente por essa importância, que o Governo do Anti-Cristo já investe contra a família e as crianças e o casamento. Tudo que está acontecendo, a Lei da Palmada, a Ideologia de gênero, o casamento gay, a desconstrução da família, faz parte do plano de Satanás em atacar esses princípios sagrados de Deus da disciplina e ensino e salvação dos nossos filhos.

Os textos abaixo falam sobre como a disciplina é fonte de vida e gera frutos de justiça:

Pv 13:24 – O ensino dos sábios é fonte de vida e afasta o homem das armadilhas da morte.
Pv 22:15 – A insensatez está ligada ao coração da criança, mas a vara da disciplina a livrará dela.
Pv 29:15- Provérbios: 29. 15. A vara da disciplina e as palavras da repreensão dão sabedoria, mas o jovem abandonado à sua própria sorte envergonhará sua mãe.
Salmos 94:12 – “Bem-aventurada a pessoa a quem disciplinas, ó Senhor, aquele a quem ensinas a tua Lei,”
Provérbios 1:7 – “O temor do SENHOR é o princípio do conhecimento, mas os insensatos desprezam a sabedoria e a disciplina.”
Pv 6:23 – “Porquanto, o mandamento é lâmpada, o ensino é luz, e as advertências da disciplina são o caminho que conduz à vida.”
Pv 12:1-“Toda pessoa que deseja o conhecimento ama a disciplina; mas aquele que odeia a repreensão não tem juízo.”
Pv 13:1 – “O filho sábio acolhe a orientação do pai, mas o insensato não aceita a repreensão!”

Após ler a Bíblia percebemos como a Lei da Palmada que impede os pais de disciplinar e corrigir fisicamente os filhos é algo diabólico, o Diabo conhece a Bíblia toda e entende sua eficácia, ele sabe que funciona, que salva, e por isso ele sabe como atacar e proibir os ensinamentos de Deus que livram o homem do pecado.

image

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s