500 anos da Reforma Protestante


A Reforma Protestante foi um chamado ao conhecimento bíblico, nesse ano de 2017 comemora-se o aniversário de 500 anos da Reforma Protestante. Em 1517, Lutero chamou o povo e os eruditos para que repensassem o modo como interpretavam e viviam o Cristianismo.

A Reforma Protestante foi um movimento que marcou a história do Cristianismo, um monge chamado Lutero, lendo a bíblia, descobriu que os ensinamentos que a igreja católica dava ao povo não estavam de acordo com as escrituras e ao se dirigir aos seus líderes percebeu que eles tinham interesses pessoais para que o povo continuasse sem conhecer a bíblia e continuassem enganados. Em uma época que o povo comum era privado da leitura das Escrituras, a maioria da população não sabia ler e os que sabiam ler seguiam os ensinos do Papa e não a Bíblia, a Bíblia era um livro restrito ao alto clero e que não era traduzido para a língua da população. Ou seja, as pessoas não tinham acesso à Bíblia, viviam na ignorância, na falta de conhecimento de Deus e das Escrituras, a igreja Católica detinha o poder do conhecimento em todas as áreas da sociedade: medicina, religião, artes e da ciência e tudo que a população cria e acreditava era o que a igreja católica transmitia a eles. Essa época foi conhecida como Período das Trevas, uma época de falta de conhecimento e de muita ignorância.

Viviam uma época de escuridão com um Cristianismo misturado com sincretismo (fusão de diferentes doutrinas), paganismo (culto a vários deuses e crenças fora da Bíblia), idolatria e Deus usou um monge para estudar as Escrituras e fez com que a cristandade, a igreja voltasse e se submetesse à autoridade das Escrituras e somente as Escrituras. Esse era o grande slogan da Reforma – ” Sola Escritura”, trazer todas as práticas da igreja pra baixo das verdades das Escrituras pois a igreja havia se desviado das verdades da Palavra para seguir idéias de homens.

Lutero combateu os vários desvios doutrinários de sua época praticados pela Igreja Católica Romana, condenou veementemente a venda de indulgências, traduziu a Bíblia para o alemão e a colocou nas mãos do povo comum e isso causou uma revolução na Alemanha e se alastrou pelo mundo. O nome protestante vem de protestar contra as tradições da igreja católica que se desviou das Escrituras. O Cristianismo se perverteu após os primeiros séculos, retomou o seu vigor com a Reforma Protestante em 1517, mas em que ponto a igreja cristã se encontra nos dias atuais? 500 anos depois da Reforma?

Se não conhecermos as Escrituras, o que pode nos acontecer? seguir ensinos errados e adulterados por homens sem saber que estamos enganados. Em Mateus 22:29 Jesus, porém, respondendo, disse-lhes: “Errais, não conhecendo as Escrituras, nem o poder de Deus.” E em João 8:32 Jesus disse: “E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará.” – que verdade é essa que Jesus se refere? a verdade do Evangelho, das Escrituras, Ele mesmo diz que Ele é a verdade. Jesus é a revelação de Deus ao homem, é o Verbo de Deus encarnado, toda a Bíblia tem o centro da mensagem em Jesus, todos os livros do Velho Testamento, todas suas histórias apontam para Jesus e o Novo Testamento é a narrativa de sua encarnação, sua vida, sua morte, sua ressusrreição, sua exaltação, seus discípulos e o final da história humana que culminará em sua segunda volta ao mundo para julgar o mundo.

A falta de conhecimento aprisiona mas o conhecimento liberta. A verdade das Escrituras liberta o povo da crendice, do paganismo, da idolatria, da heresia, dos desvios das Escrituras.
500 anos depois estamos vivendo um “neo-catolicismo”, que está fazendo a mesma coisa do passado, hoje, o movimento evangélico está explodindo em todos os lugares no Brasil e propõe a ignorância das Escrituras e aprisiona a maioria dos seus fiéis nessa falta de conhecimento das Escrituras. Esse movimento de hoje se chama “evangelicalismo” – é um Evangelho misturado com auto-ajuda, psicologia e misticismo. Um Evangelho distorcido que não salva.

Somos uma geração que possui traduções bíblicas como nenhuma outra possuiu, são centenas de versões bíblicas, disponíveis em todas as línguas em todo o mundo, na internet e impressas, dos mais diversos preços, temos a Bíblia em áudio, escrita e em vídeo, nunca uma geração teve acesso tão fácil às Escrituras, ao contrário da época de Lutero que o povo nunca tinha visto uma Bíblia.
Todavia, poucas gerações foram tão ignorantes a cerca do conhecimento da Palavra de Deus. As pessoas que se dizem “evangélicas” não leem a Bíblia, a maioria dos “crentes” nunca leu a Bíblia toda. O que adianta ter a Bíblia na mão, até no celular, ter um acesso tão fácil e não lê-la, não conhecer a Palavra de Deus?

Hoje, 500 anos depois da Reforma, nós temos tudo que eles não tinham de informação disponível (que Lutero disponiblizou ao povo) mas somos uma geração tão ignorante de Deus quanto eles foram na idade das trevas e da falta de conhecimento das Escrituras. Estamos na mesma condição de ignorância do século 12 e consequentemente na mesma situação de paganismo, de crendices e de heresias, pois ao não possuirmos conhecimento bíblico não teremos como discernir os ensinos anti-biblicos dos falsos profetas.

Só no Brasil temos 50 milhões de “evangélicos”, todavia a maioria é ingorante quanto às Escrituras, não conhecem o Evangelho de Cristo que salva, que gera arrependimento e nova vida. Hoje vemos uma “igreja” em cada esquina, o nome de Deus sendo usado para homens enriquecerem e construírem impérios aqui na terra, os fiéis lotam os templos mas o Brasil afunda em corrupção e violência e se afasta cada vez mais de Deus e dos valores cristãos, isso parece ser uma contradição: 50 milhões de “evangélicos” e o Brasil não conhece Deus… por que o povo que se diz “evangélico” está seguindo falsos mestres, falsas doutrinas, cegos guiando cegos.

Deus diz em Oséias 4:6 – “eis que o meu povo está sendo arruinado porque lhe falta conhecimento da Palavra.”

Avalie o exemplo da vida de Lutero, se casou com uma ex-freira e teve 6 filhos e adotou mais de 10 crianças, descobriu na Bíblia que o ensino da igreja católica que ensina que os padres e as freiras não devem casar era anti-biblico pois o próprio Deus ao criar o homem disse: Então o Senhor Deus declarou: “Não é bom que o homem esteja só; farei para ele alguém que o auxilie e lhe corresponda”. Gênesis 2:18 e Deus disse: ” multipliquem-se e povoem a terra.”
O casamento foi ali no princípio de tudo estabelecido por Deus para o seu propósito de encher a terra com homens semelhantes a Ele, pois Ele criou o homem a sua imagem e semelhança, com sentimentos, vontade e pensamentos. Era o desejo de Deus povoar a terra, por isso Ele criou homem e mulher para reproduzirem. Lutero viu no casamento uma grande benção de Deus e ensinou a todos os seus filhos como viver e servir a Deus.

Ao ler a Bíblia, Lutero foi liberto da falsa crença de que pra viver pra Deus, não poderia se casar nem ter sua família. Sem o conhecimento das Escrituras, a pessoa crerá em ensinos falsos ou distorcidos.

Então o que devemos fazer para não sermos enganados por falsas doutrinas? Ler as Escrituras, ler a Bíblia para conhecer os pensamentos de Deus e não seguir doutrinas de homens. Buscar a Deus na Bíblia, no seu quarto, a sós com Deus, aprender a ouvir o Espírito Santo e aplicar a Bílbia na nossa vida, deixar a Palavra de Deus nos lavar, nos transformar, nos moldar e guiar.
A Reforma de 500 anos atrás começou quando Lutero estava lendo a Bíblia sozinho em seu quarto, uma Reforma pode acontecer em nossa vida, em nossa casa, em nosso coração quando estivermos diante da Palavra de Deus e O buscando de todo nosso coração.

“Porque a palavra de Deus é viva e eficaz, e mais penetrante do que espada alguma de dois gumes, e penetra até à divisão da alma e do espírito, e das juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e intenções do coração.” – Hebreus 4:12

“E buscar-me-eis, e me achareis, quando me buscardes com todo o vosso coração.”
Jeremias 29:13

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s