Entenda porque casamento Gay não existe

O matrimônio é uma estrutura que vem da ordem da criação, vem da ordem natural das coisas, o Governo e o Estado não inventou o casamento nem definiu o casamento, só reconheceu o casamento, por que a família é anterior ao Estado e ao Governo, antes de existir Governo, existia a família.
O que existe hoje é uma tentativa de dar um passo pra trás, agigantar o Estado e de fazer o Estado poder definir aquilo que na verdade é anterior a ele. O Estado existe por que existe família e não existe família por que existe Estado.
Matrimônio vem de matter, da idéia de ser mãe. Casamento vem de acasalamento, trás a idéia de união reprodutiva, é o aspecto conjugal do casamento. O casamento tem como significado a ideia de reprodução, o centro do casamento é a potencialidade reprodutiva.
O contra argumento homossexual é o caso de mulheres estéreis e casais que não querem ter filhos, mas ainda que o casal opte por não ter filhos ou por algum defeito da natureza mas ainda existe a potencialidade de reproduzir. Por exemplo, quando você olha para uma cadeira quebrada, você percebe a função daquela cadeira, ainda que ela não esteja cumprindo aquela função naquele momento.
Sodomia, o relacionamento homossexual é algo de interesse privado do indivíduo, um indivíduo quer ter um relacionamento homossexual, ele tem. O casamento por outro lado é uma instituição que tem um interesse público pois é bom para a sociedade a geração de filhos e de filhos bem cuidados e criados em família.
A verdade é que o casamento homossexual nunca foi proibido, o direito a herança e a direitos civis podem ser reconhecidos por um contrato de herança numa relação afetiva homossexual, mas eles começaram a buscar o ideal do casamento homossexual.
O casamento nunca foi proibido, ele nunca existiu pois na realidade a família sempre foi percebida por ser um ato heterossexual, a família e o casamento não foram construídos pelo Estado, foram percebidos pelo Estado, porque o governo e o Estado é posterior à família, a família é a instituição central e anterior a tudo, tanto se percebe isso pela ordem da criação, por uma percepção natural das coisas, tanto quando na revelação da Palavra de Deus, a Bíblia. A família foi criada por Deus no processo criacional de tudo, a família não foi inventada posteriormente, havia família quando não havia Estado, então o estado não pode redefinir o que é anterior a ele.
Por que o estado não pode redefinir o que é o indivíduo? Por que o estado não pode redefinir o que é uma pessoa? Porque o indivíduo e a pessoa é anterior ao Estado.
Por que o estado hoje pode redefinir o que é família? Se a família é anterior ao Estado? O Estado está tentando agigantar pra si coisas que não lhe pertencem. O Estado hoje redefine o significado de família, família antes tinha um significado e o Estado na canetada redefine o significado de família para agora abarcar algo que antes não abarcava.
Em Direito existe um adágio que diz que “quem pode o mais, pode o menos”, se agora entregamos nas mãos do Estado o direito de redefinir o significado de uma união familiar, o que é que o Estado não pode fazer com a família agora? O que o Estado não pode proibir?
No Oriente tem casos que o Estado proíbe ter determinado número de filhos – “quem pode o mais, pode o menos” – quem pode redefinir o significado de família porque não pode proibir os pais de dar uma palmada em seu filho com a famigerada “Lei da Palmada”? Reclamamos que o Estado se mete na família mas damos ao Estado o direito de redefinir todo o significado de família e isso gera uma série de problemas, por exemplo, o “pátrio poder” que agora se chama “poder familiar” é a idéia que antes era percebido da própria natureza de família de que um pai tinha direitos sobre um filho e o filho responsabilidades com os pais e isso era um direito que era percebido a partir da estrutura familiar mas agora, uma vez que o casamento não é mais definido como uma unidade potencialmente reprodutora para passar a ser nada mais que uma unidade consensual afetiva, o “pátrio poder”, o poder familiar não é mais algo que provém da própria estrutura familiar do casamento mais é uma concessão estatal, agora as responsabilidades e direitos de pai pra filho e vice-versa não é mais algo que faz parte da estrutura da família, agora é algo que o Estado lhe dá, e se ele dá, ele tira. Desse jeito, estamos agigantando o estado, o casamento gay é um processo de agigantamento do Estado, do poder civil e isso gera uma diluição do casamento.
O casamento é heterossexual por causa de 3 pilares:
1. É baseado em Espécie – espécie humana
2. Gênero – homem e mulher – se quebramos a barreira do gênero, o que mantêm a barreira do número? nada. Será mera imposição estatal também.
3. Número – monogâmico – no Estados Unidos bastou aprovarem o casamento homossexual que já estão pedindo o “poli-amor”, já começaram passeatas e gente batalhando pelo casamento de 3, 4 ou 5 pessoas.
E se cai a barreira do Gênero e a do Número que são consequências lógicas da barreira da Espécie, por que a barreira da espécie continua? Na Alemanha por exemplo, já existem marcha pró Zoofilia, é um grupo que luta pelo casamento zoófilo com os mesmos argumentos que eram usados pelo pessoal que pedia casamento igualitário. Se a gente aceita casamento zoòfilo, que é com um ser que não tem direito civi que é um animal, o que impede o casamento pedófilo?
Se cabe tudo no casamento, o casamento não significa mais nada. Se cabe tudo dentro dessa instituição e ela é esticada ao ponto de enquadrar qualquer relacionamento humano, o que é que o casamento ainda significa?
“Quando estamos na beira do abismo, a única maneira de progredir é retroceder” Chesterton

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s