A lógica do pensamento conservador X a lógica do pensamento esquerdista

A palavra Conservar significa: preservar, manter, permanecer, perpetuar, continuar, etc.
Conservador é a pessoa que está ciente que herdou algo bom e quer manter e permanecer com isso: uma ordem social, um sistema político, uma cultura, valores, tradição jurídica. Ser conservador é querer conservar as coisas boas e saber que também tem que criar compromissos para fazer isso. Para o conservador, a atual ordem existente é importante.
O conservador reconhece que é mais fácil destruir coisas do que criá-las. É mais fácil estar contra as coisas do que estar a favor delas pois para ser contra as coisas, basta apontar as suas falhas e dizer: “queremos outra alternativa”. Mas se realmente você está defendendo coisas que existem, você está numa posição bem mais difícil pois é necessário se familiarizar com um pouco da história, com o que ocorreu quando pessoas tentaram viver sem a ordem legal que herdaram e daí por diante. No geral, é tudo sobre empolgação e isso atrai muito os jovens.
O Socialismo, o esquerdismo, o comunismo são ideologias. O conservadorismo não é uma ideologia, é uma tendência de raciocínio sem extremos pois o extremismo é revolucionário e o conservador não quer revolucionar, ele quer preservar o que já foi provado que é bom e funciona.
A razão pela qual a esquerda é particularmente forte na mídia estatal é porque em geral, funcionários do estado são mais predispostos a estar a favor de estado grande do que de um estado reduzido. Quem se beneficia do Estado, deseja agigantar o Estado, essa é uma lógica esquerdista.
A ideologia esquerdista se apoia principalmente na hostilidade, na insolência e na quebra de Leis e normas para se alcançar os objetivos desejáveis, ou seja, o fim justifica os meios e não há necessidade de respeito a regras, leis ou códigos de ética. Isso também é muito atraente aos jovens com seus arroubos de rebeldia e revolta contra falhas que enxergam no sistema. Essa libertinagem sem limites de respeito a Lei e a normas é considerado pelos esquerdistas como ” a democracia em funcionamento” e de um ponto de vista é realmente pois em nenhum dos países não democráticos é possível manifestantes agirem dessa forma pois eles seriam presos de imediato.
Marcas claras do esquerdismo são: calar pessoas com as quais discordam, impedir argumentos contrários e isso são atitudes que não contribuem para o processo democrático, pelo contrário, é um impedimento ao processo democrático. Intimidação, tentar forçar as pessoas a se calarem, impedir pessoas de expor seus pensamentos opositores e usar de desrespeito e de violência são marcas do instinto totalitário. É claro que vimos isso na extrema-direita na Alemanha Nazista, mas as pessoas conservadoras normais não aprovam nem participam disso.
Estudantes que abusam na gritaria, usam atitudes ofensivas à moral, depredam prédios e lugares públicos, impedem aulas nas universidades, estão indo muito além de lutar por suas causas, estão se colocando acima da Lei e da ordem.
O esquerdista usa de uma força opositora, ou seja, ser contra. Mesmo que tenham uma vaga e abstrata ideia das coisas que são a favor: igualdade, liberdade, ou seja o que for, mas nunca se preocupam em definir bem isso, tudo é muito abstrato. Mas sabem claramente que é contra esta coisa, aqui e agora e amplifica o seu próprio ódio àquela coisa se reunindo num grupo, pensando em alimentar seus pensamentos de superioridade sobre os que se opõem. E a atitude deles é: “nós estamos absolutamente juntos nisso e iremos todos contra essas pessoas para calá-las” e estamos certos nisso! Isso é totalitarismo e não democracia.
A violência é outra marca forte entre a maioria dos esquerdistas, eles se empolgam em suas causas e forçam acontecer o que querem e como querem sem levar em conta os limites da lei e da ética ou do direito do outro, exemplo disso vi a pouco tempo na faculdade de minha filha, a UFF, ela, sua turma e seus professores foram impedidos por um grupo de alunos de entrarem nas aulas para terem aula, o grupo de ocupação impediu e desrespeitou o direito dos alunos que queriam aula e dos professores que queriam dar aula, atrasando seriamente todo o fechamento de um período.
Percebemos essa veia totalitária e anti-democrática nos esquerdistas que querem impedir através do PL que os cristãos expressem seu pensamento contrário ao homossexualismo taxando essa liberdade de expressar opinião contrária como homofobia. Se opor, ser contrário, ter uma opinião diferente não caracteriza preconceito nem homofobia mas a falta de honestidade esquerdista afirma e prega que tudo se torna a mesma coisa para impedir o que já falamos mais acima: calar pessoas com as quais discordam, impedir argumentos contrários.
O conservador defende o direito de discordar como uma marca do exercício da democracia, pensar diferente, ter convicções diferentes é algo saudável pois cada ser humano é singular, ninguém é igual a ninguém, o que o conservador não aceita é a imposição de ideologias que são contrárias á sua fé e seus valores e isso nunca foi nem nunca será homofobia nem preconceito.
O Relativismo e o abstrato também são pensamentos fortes na ideologia esquerdista, eles nunca conseguem definir exatamente como será aquela sociedade que irão produzir e de forma a evitar discutir isso, se concentram somente no mal presente. Não somente atacam alguém que discorda deles mas julgam esse alguém como mau e como alguém que não o direito de discordar.
Existe um sentimento louvável em algumas pessoas de esquerda que penso que são ingênuas quanto à falta de razão da cosmovisão esquerdista, é o sentimento de compaixão e de justiça que tem como origem coisas boas, mas esse sentimento não pode ser dissociado do respeito ao direito do outro nem às Leis nem à ética nem ao que é absoluto. É como se pensassem assim: ” estamos certo nessa luta e por isso temos o direito de quebrar qualquer limite ou regra para alcançar nossos objetivos.”.
O conservador em contra partida, leva em conta valores que não se relativiza nem para se alcançar objetivos lícitos, pois a forma ilícita irá descaracterizar a sua legalidade. O conservador age baseado em valores pois respeita o que é ético e clássico, a ética não pode ser relativa, ela existe para ser respeitada e praticada por cada um. A realidade é conservadora, a vida necessita de limites, de valores sólidos que direcionem o caráter das pessoas para manter a vida em sociedade civilizada e saudável.

conservador-defender-direitos

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s