Qual o sentido da vida?

Eclesiastes não é um livro fácil de ler, nele, Salomão se dedica a encontrar sentido na vida. Qual homem não procura sentido na vida não é mesmo?

Nos primeiros 11 capítulos Salomão fala sobre todas suas tentativas nessa busca: pensa em obras sociais, se dedica a obras sociais, e descobre que isso também não tem sentido. Então se dedica à sabedoria, literatura, escrita, meditação, e descobre que depois de um tempo isso não satisfaz mais.
E então se dedica à generosidade, e depois ao asceticismo ( negação dos desejos e prazeres), depois a outra coisa, e outra, e no fim nada satisfaz definitivamente.
Cada um de nós não passamos a vida toda assim? Procurando e buscando prazer e satisfação? Em amizades, em diversão, em relacionamentos, namoro, casamento, filhos, família, carreira, estudo, emprego, dinheiro, etc…uma lista interminável até nossa velhice?

Em nossa juventude as emoções vão a mil, a busca por aventuras alimentam nossos anseios instantâneos mas logo passa e precisamos de novas aventuras pois a lacuna ainda existe lá dentro de nós. As festas acabam, o efeito da bebida passa, as músicas silenciam, os romances são rompidos, a paixão se esfria, as realizações que já foram conquistadas deixam de ser um incentivo e se tornam algo comum e deixam a mesma lacuna em nós: “preciso de algo mais”. Como se fôssemos insaciáveis…

A medida que vamos envelhecendo e experimentando de tudo e mesmo assim desejando sempre algo a mais, percebemos que tem que haver algo mais satisfatório, tem que haver algo maior.

A conclusão de Salomão no fim de tudo isso está no capítulo 12, ele olha para trás em sua vida, as várias coisas que realizou e seu esforço de buscar prazer e sentido e escreve: vs 1 “Lembra-te do teu Criador nos dias da tua mocidade, antes que venham os maus dias, e cheguem os anos dos quais dirás: ‘Não tenho neles prazer”.

Ou seja, enquanto for jovem, lembre-se do seu Criador, antes de chegar na velhice. Não espere pra experiementar de tudo, experimente Deus em sua mocidade ainda.

Nos 2 últimos versículos do livro Salomão resume com sabedoria o verdadeiro e real sentido da vida e de tudo que fazemos:
Vc 13 e 14- “De tudo que se tem ouvido, a suma é: Teme a Deus e guarda os seus mandamentos; porque isto é o dever de todo homem. Porque Deus há de trazer a juízo todas as obras, até as que estão escondidas, quer sejam boas, quer sejam más.”

Tudo que fizermos nessa vida, realizarmos e alcançarmos passará e quando a velhice vier e a morte, nenhuma das realizações da terra servirá pois o sentido da vida do homem ė viver para Deus e não para si mesmo e por isso nada aqui na terra nos satisfará a alma como disse Santo Agostinho: “Porque fomos feitos para Deus, e nossas almas estarão inquietas até que o conheçamos.”

Deus é eterno e infinito e só Ele nos satisfará, feliz daquele que Deus abre os olhos para ver essa Verdade ainda na mocidade, ainda no início da vida para que não desperdice tantos anos buscando satisfação em coisas que não satisfazem a alma.
As emoções vão muito além de um momento…de um romance, de uma festa, Jesus te chama para viver para Eternidade!

Tudo o mais que é passageiro e efêmero sem o temor ao Senhor se torna vazio e sem sentido.
#VivaParaEternidade
#VivaParaDeus
Esse é o sentido da vida: temer a Deus e obedecer seus mandamentos.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s