O vazio da alma

É um vazio que a amizade, o amor, o sexo, o dinheiro, as conquistas de vida, o poder, a popularidade ou sucesso jamais abrandam.
É um anseio por algo indefinível e cada coisa boa pode nos lembrar disso, instigar e despertar em nós um grande desejo por aquele ilusório “algo mais”, sempre desejamos algo mais.
O máximo que conseguimos é um prazer momentâneo, finito, passageiro e incompleto. Todas as nossas conquistas ao final de nossa vida não serão suficientes para nos preencher e nos dar paz, pois só há um único caminho para isso:
“Fomos feitos para Deus, e no fim das contas, nada menos nos satisfará. Sem Ele, estamos todos vazios.
Somente Ele sacia a fome da alma faminta” (Salmo 107:9).

“Sem Deus é impossível encontrar a felicidade e a verdadeira paz.”—C. S. Lewis

“Fizeste-nos, Senhor, para ti, e o nosso coração anda inquieto enquanto não descansar em ti.”
Santo Agostinho

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s