Sejamos Criteriosos – o que convém ao cristão?

Santidade não é apenas deixar o pecado, mas é separar-se do que é lícito, do que é comum. Jo 17.19​

 Queremos colocar aqui algumas perguntas que devemos fazer para sermos criteriosos:

1ª Co 6.12a – Isto convém?

1ª Co 6.12b – Isto está me dominando?

1ª Co 10.23 – Isto edifica?

1ª Co 10.24,33 – Estou buscando o meu interesse?

1ª Co 10.31 – Isto glorifica a Deus?

Rm 14.15 – Isto provém de amor?

Rm 14.23 – Isto provém de fé?

Estas são perguntas que devo fazer antes de agir em qualquer liberdade. Nós temos que ser criteriosos no usa da liberdade, para não dar ocasião à carne e ela se transformar em libertinagem.

Áreas para sermos criteriosos:

a) Televisão – Internet – Games – Cinema – Revistas:

O que estamos vendo e ouvindo todos os dias. Ef 5.3-4; Is 33.14-15; Sl 101.3. Nem ao menos se nomeie entre vós. Quanto mais ver, praticar. Teríamos coragem de ver um casal tendo relações sexuais na cama e nós assistindo sentados no mesmo quarto? É claro que não, mas quando assistimos alguns filmes com cenas de sexo, não é isto que estamos fazendo? Qual é a diferença? Quando assistimos a um assassinato como nos sentimos? Mal, mas não é isto que os filmes trazem constantemente. Em que roda estamos sentados? Sl 1.1-3. Em que temos posto os nossos olhos? A que temos emprestado os nossos ouvidos? Fp 4.8. Sejamos criteriosos.

b) Músicas:

O que tens ouvido? Somos criteriosos, ou ouvimos qualquer coisa sem dar a atenção para o que estão dizendo? O que cantores e cantoras que levam uma vida contrária ao padrão de Deus podem contribuir para a nossa vida? (Tg 3.11) Por acaso pode jorrar água doce de uma fonte salgada? (Sl 139.21-22) Sejamos criteriosos!

c)Vestuário:

Como te vestes? Para te agradar ou agradar ao Senhor? Na moda que estão impondo, feita por pessoas nitidamente contrarias aos princípios do Senhor, ou buscas conselho e te submetes, imitando os teus guias na fé? E os acessórios que usamos e como usamos, com que motivação? 1 Tm 2.9-10; 1 Pe 3.3. Sejamos criteriosos!

d)Culto ao corpo:

Academias, exercícios físicos, complementos alimentares, bombas. Existe uma verdadeira adoração ao corpo e isto tem levado, principalmente, os homens a terem uma atitude efeminada (1 Cor 6.9). Sejamos criteriosos!

Os conselhos são para sermos criteriosos e fugir da aparência do mal. Muitas vezes colocamos limites para a santidade, mas não colocamos para a liberdade.

Temos que entender bem que: “A fé limita a minha liberdade, mas o amor limita a minha conduta na liberdade que tenho”.

 A regra nivela todos, mas a liberdade revela a maturidade de cada um.

CONCLUSÃO: Leiamos Rm 12.1-2 e 1 Jo 2.15-17.

Como iremos aplicar isto as nossas vidas. Se não houver uma ação prática tudo isto se perderá.

Bem, que o Senhor nos dê sabedoria para aplicar as nossas vidas estas palavras.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s