Porque as pessoas rejeitam Jesus

Quando Deus criou o homem à sua imagem e semelhança, Ele tinha um propósito de que o homem se multiplicasse e formasse uma grande família de homens semelhantes a Ele, que se relacionassem com Ele e usufruíssem de toda a criação, em dependência e obediência a Ele. Mas por amor, por desejá-lo, preferí-lo e não por obrigação. Sendo assim, colocou diante do homem a opção de escolher obedecer.

Deus colocou diante deles ( Adão e Eva) duas árvores (Gn 2:9) que revelam dois princípios ativos de vida:
a) Árvore da vida: Deus seria o provedor das necessidades humanas. O Ser humano viveria em comunhão, dependência, submissão e obediência a Deus, inclusive na questão de discernimento entre o mal e o bem;
b) Árvore do conhecimento do bem e do mal: O Ser humano seria o juiz de suas próprias ações independente de Deus e de Sua vontade. Entretanto, satanás agindo na serpente (Gn 3:1), induziu Eva e esta a Adão a comerem da árvore do conhecimento do bem e do mal (Gn 3:1-6). Esta foi, portanto a razão da queda: Eles decidiram viver independentes da vontade e do propósito de Deus para suas vidas e se rebelaram contra Deus, seu Criador.

Adão rejeitou o governo de Deus e escolheu viver independente de Deus, em Rebeldia contra o governo de Deus e essa natureza passou a todos homens, já nascemos corrompidos, rebeldes e independentes. Não precisamos ensinar a um bebê como pecar, teimar, espernear e impor sua vontade, a natureza degenerada dele já é assim.

O homem escolheu o caminho errado e estamos nós, a humanidade, na situação que estamos. Rebeldes, independentes de Deus, endurecidos pelo pecado, obstinados, hedonistas, egoístas, oprimidos e oprimindo, buscando loucamente satisfazer nossos desejos sem nunca sermos satisfeitos pois nos afastamos da nossa fonte de vida: nosso Criador.

image

Após a queda do homem, após o pecado, Deus expulsou Adão e Eva de sua presença, eles foram expulsos do Reino de Deus e passaram a viver sob o domínio do pecado, formou-se assim o Reino das Trevas, no qual o inimigo de Deus, Lúcifer, se empenha para destruir a mais especial de todas as criaturas de Deus: o homem.
Entendendo a origem do problema do homem com Deus, podemos entender porque as pessoas rejeitam a Jesus e preferem suas religiões, suas filosofias vãs, sua auto-suficiência, seus próprios “meios” e esforços para buscarem a Deus.

Jesus iniciou o seu ministério dizendo: “arrependei-vos pois é chegado o reino dos céus” (Mateus 4:17; Marcos 1:14-15). Porque Jesus começou seu ministério dizendo para o homem se arrepender e anunciando o Reino de Deus?
É simples, se o homem se tornou independente de Deus, rebelde, está perdido no Reino das trevas, o chamado de Jesus é simplesmente Salvador: arrependendam-se de sua rebeldia contra Deus, eu sou O Rei, trago o meu governo sobre sua vida, façam o caminho contrário ao de Adão, se convertam, mudem de direção, abandonem o pecado e venham até mim e eu os transportarei do Reino das trevas para o meu Reino de luz.

Quando alguém rejeita a Jesus e prefere continuar em seu pecado, apegado à sua religião que massageia seu ego, apegado às riquezas, ao orgulho, à filosofias ou seja lá ao que for, está simplesmente rejeitando Jesus como Rei, como seu dono, está rejeitando seu governo e seu senhorio e dizendo como fez Adão: eu quero mandar em mim mesmo, quero ser dono de mim mesmo, quero fazer as coisas do meu jeito mesmo que isso ofenda a Deus.

Ninguém rejeita Jesus como Salvador, pois todos querem ir para o céu, contanto que não tenham que negar a si mesmos, sua própria vontade e nem se submeter ao governo de Deus, nem as suas Leis e Mandamentos.
Todos querem ser salvos da justa condenação de morte eterna aos que rejeitam a Cristo, mas poucos aceitam o chamado de Jesus para se arrependerem de sua atitude de independência e rebeldia para poder entrar em seu Rei, Ele é Rei, tem toda a autoridade, no céu, na terra e debaixo da terra, Ele é o dono do Universo e o chamado dEle é para Reinar no coração de cada homem.

image

Se Jesus tivesse pregado o evangelho que hoje é pregado na TV e na maioria dos grandes templos, Ele não teria sido rejeitado nem sido crucificado. Esse evangelho pregado hoje, cheio de prosperidade e ofertas, nem toca no problema do pecado, nem na raiz dele que é a atitude de rebeldia do homem contra o seu Criador, sem tocar no problema também não toca na essência da necessidade do arrependimento e na necessidade do perdão de Deus ao homem através do seu Filho Jesus.

E os perdidos continuam perdidos, e pensam, eu preciso me arrepender de que? De mentir? De roubar? De fumar? De usar drogas? De enganar?
Esse evangelho gospel, popular, politicamente correto, que oferece salvação sem condição, não salva, não alerta o pecador sobre sua condição de condenado, não o faz perceber a importância do perdão de Deus em Cristo, não explica nem que Jesus é Rei de um Reino onde só pode entrar os pecadores arrependidos, com corações quebrantados, que se reconhecem necessitados do perdão oferecido por Jesus na cruz.

Jesus veio anunciar as boas notícias do seu Governo sobre a vida do homem. Jesus veio se apresentar como Rei e Senhor do homem. Quem quiser entrar em seu Reino, deve Aceitar o evangelho que Ele pregou (Mc 16:15-16.) que é boa notícia do reino de Deus e da salvação na pessoa, vida e obra do Senhor Jesus Cristo. O homem precisa crer neste evangelho senão estará perdido. Se arrepender, ser batizado nas águas e receber o Espírito Santo (At 2:38).

O que é Arrependimento? A palavra grega é metanóia, que significa mudança de mente, isto é ter uma nova mentalidade, uma nova atitude em relação a Deus e ao pecado como segue:
ATITUDE ANTERIOR: Independência e Rebelião (faço o que me dá na cabeça). ATITUDE NOVA: Dependência e Submissão (estou sujeito a Cristo em tudo)

image

No Reino de Deus não há lugar para os orgulhosos, os cheios de si, os auto-suficientes, os rebeldes e os que querem viver satisfazendo apenas os desejos da sua carne e ignorando o Rei dos Reis, Jesus Cristo, Filho de Deus.

São esses que rejeitam Jesus, o rejeitam porque seus corações são endurecidos pelo pecado e querem continuar em sua atitude de rebeldia e independência de Deus, esses, receberão sua justa condenação pois rejeitaram o perdão de Deus em Filho Jesus.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s