O objetivo de Deus ao criar o homem

O Propósito Eterno de Deus envolve todo o plano para a realização daquilo que está no coração de Deus desde a Eternidade.
Descobrir qual é esse propósito e viver de acordo com ele, mudará o rumo de nossas vidas.

O mais perfeito relacionamento que existe está em Deus – entre o Pai, o Filho e o Espírito Santo. A mais perfeita relação de harmonia, paz, amor, serviço, santidade e sujeição mútua. No coração do Pai havia um desejo de estender esse relacionamento sublime, espalhar Seu amor e ter uma multidão de filhos semelhantes ao Seu Unigênito. Deus queria uma família eterna para Ele, onde os filhos fossem semelhantes a Jesus e expressassem Sua vida e Sua glória. Esse é seu supremo propósito, que, por ser eterno, chamamos de “o Propósito Eterno de Deus”.

Ef 1:4-5 “Porque Deus nos escolheu nele antes da criação do mundo, para sermos santos e irrepreensíveis em sua presença. Em amor nos predestinou para sermos adotados como filhos, por meio de Jesus Cristo, conforme o bom propósito da sua vontade.”

Rm 8:28-29 “E sabemos que todas as coisas concorrem para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito. Porque os que dantes conheceu, também os predestinou para serem conformes à imagem de seu Filho, a fim de que ele seja o primogênito entre muitos irmãos;”

Por causa desse propósito Deus começou a executar um Projeto Eterno para a formação dessa grande família, da qual o seu Filho Unigênito seria o modelo, o cabeça, o centro e o Senhor. Ele decidiu, então, criar todo o Universo, e deu especial atenção a um planeta em particular, que foi especialmente preparado para abrigar seres vivos, entre eles o homem, que seria a semente dessa grande família.

Gn1:26-27 Então disse Deus: “Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança. Domine ele sobre os peixes do mar, sobre as aves do céu, sobre os grandes animais de toda a terra e sobre todos os pequenos animais que se movem rente ao chão”. Criou Deus o homem à sua imagem, à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou.

O casal original foi criado para ser o ponto de partida dessa grande família. Seria a primeira família da qual todas as famílias da terra surgiriam, enchendo a terra de pessoas semelhantes a Jesus. A paz, a alegria, o amor, a santidade e tudo mais que era inerente do relacionamento em Deus, deveria fazer parte dessa grande família e a glória do Senhor cobriria toda a terra.

O pecado, porém, interferiu nesse propósito corrompendo a natureza do homem e afastando-o de Deus. O homem perdeu a imagem e semelhança do Criador e, a partir daí, geraria filhos e filhas segundo sua própria imagem, propagando a herança do pecado de geração em geração. Isso o tronou inútil para o cumprimento do propósito de Deus e toda a humanidade ficou arruinada e afastada de Deus (Rm3:12).

Mas no projeto de Deus havia lugar para a salvação da humanidade. Um plano pelo qual todo homem poderia ser restaurado e colocado novamente em condições de cumprir Seu eterno propósito. Esse plano se desenvolveu no Antigo Testamento e foi plenamente revelado no Novo Testamento com a vinda de Jesus, o filho de Deus, que resgatou a humanidade perdida e colocou os homens novamente no curso traçado desde a eternidade.

Vemos assim, que a salvação é parte do projeto, mas não é ela mesma o projeto, nem o propósito maior.
A Igreja é o Projeto Eterno de Deus. A realização do Projeto cumprirá o Propósito, pois a Igreja é o povo que Deus está formando para viver com Ele na eternidade. É Sua grande família eterna.

A Igreja não é aquilo que estamos acostumados. Não é o que normalmente se entende como igreja hoje (escândalos, exageros, religiosidade, divisões, prédios). Igreja não é prédio, não é um lugar, não é instituição, não é denominação religiosa. Igreja é povo, é gente. Igreja é família. Igreja é o corpo de Cristo.

Deus não criou a humanidade na situação que está na atualidade. Ele não projetou o pecado e a desordem. No principio tudo estava unido, em harmonia, o universo, o homem, a mulher e a natureza. Mas infelizmente o homem pecou, rompeu a unidade com Deus e desmantelou tudo, trazendo morte, mentiras, brigas, guerras, imoralidades, doenças, injustiças, sofrimento e muitas outras conseqüências.

Mas Deus se propôs trazer ordem, harmonia e paz novamente atraindo todos a Ele, voltando a unir tudo debaixo de um cabeça, de um Senhor: Jesus Cristo, Seu filho!

– See more at: http://www.odiscipulo.com/site/index.php/artigos/visao-geral-do-projeto-de-deus#sthash.Dip9q28s.dpuf

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s