O evangelho das 3 portas ( o outro evangelho )

“Admiro-me de que vocês estejam abandonando tão rapidamente aquele que os chamou pela graça de Cristo, para seguirem outro evangelho ”
(Gálatas 1:6)

Nos primeiros anos da igreja, a igreja já estava sendo atacada por uma coisa que Paulo chama de “outro evangelho”.
O Diabo não vai dizer para quem entendeu o evangelho: esquece o evangelho e deixa ele de lado. Mas ele vai querer perverter o evangelho, como ele não pode tirar o evangelho, ele te dá outro evangelho!
E pior: o evangelho que o diabo te dá pode te enganar porque é cheio de Bíblia.

Que evangelho você creu e recebeu?
Que evangelho está em sua mente?
Que evangelho você vive?

O importante para você não ser enganado pelos evangelhos modernos, é você entender bem o evangelho de Cristo.
O evangelho de Cristo é uma moeda que tem 2 lados: a face de Cristo e a Cruz.
Um evangelho falso não terá os dois lados. Todo evangelho falso prega meia verdade.

Pergunta 1: você tem que pagar ou dar algo para Deus para entrar no Reino de Deus?
Somos salvos pela graça, se pagarmos por ela, já não é mais graça.
Nós não temos que pagar nada para Deus, isso é graça. É gratuito.

Pergunta 2: mas existe alguma condição?
É gratuito mas existe condição.
Sem entender isso, se faz confusão.

Alguns pregam graça sem condições e podemos também ir para outro extremo: colocar condições como se essas condições eliminassem a graça. 
Toda vez que alguém vai para um desses lados, sem os dois lados da moeda, está pregando “outro evangelho”, porque o evangelho de Cristo contem esses 2 lados.

O evangelho das 3 portas não está escrito em lugar nenhum nem ninguém fala que ele existe, mas vemos ele na igreja. É um evangelho falso e enganoso, vamos entender porquê.

Como é o evangelho que a Bíblia apresenta

. O evangelho que a Bíblia apresenta tem 2 portas – a larga e a estreita
. “Entrem pela porta estreita, pois larga é a porta e amplo o caminho que leva à perdição, e são muitos os que entram por ela. Como é estreita a porta, e apertado o caminho que leva à vida! São poucos os que a encontram. (Mateus 7:13, 14)
. Jesus pregava o evangelho de 2 portas: 1 estreita e 1 larga

Como é o evangelho das 3 portas?

. Tem 1 porta larga- essa porta é do povo do mundo que anda pelo caminho espaçoso, peca, pula carnaval, etc…
. Tem 1 porta estreita- essa porta significa renúncia, perder a vida por amor ao evangelho, amar a Deus acima de todas as coisas sempre, significa não viver para mim mesmo nem para meus interesses mas viver para Deus todo o tempo, para a glória de Deus, do evangelho e de Cristo e considerar aqui nesse mundo, tudo como refugo, como esterco. Nessa porta, minha vida é servir. cristo, custe o que custar. Tem gente que pensa que esse caminho estreito é para os pastores e líderes e que esse caminho de renúncia total não é para si mesmo.
. Tem 1 porta média – essa porta do meio é para aqueles que não vivem como o mundo mas também acham quem viver só para Cristo, se quebrantar, pregar o evangelho, fazer discípulos não é para eles porque “não chegaram a esse ponto”.

A vida com Deus não é um ponto a se chegar, a porta e o caminho e que são assim.
Esse caminho médio, do meio, que não é tão largo nem tão estreito, esse caminho não existe na Bíblia. Não existe essa porta média nem esse caminho mais ou menos.
Se você não está andando no estreito, só tem uma opção: o largo, porque não existe esse caminho do meio.

A religiosidade tem o poder de iludir e disfarçar o caminho largo.
Tem gente andando no caminho largo com “cerquinha”, como é isso?
. não tem uma vida consagrada a Deus, não renuncia a tudo, não se rende a Deus, mas faz uma “cerquinha” e essa “cerquinha” dá a essa pessoa a ilusão de que está andando no caminho estreito.

. Essa “cerquinha” sempre tem a palavra não, não faz isso, não faz aquilo, não, não… Não pula carnaval, não faz sexo fora do casamento, mas adiante tem: não prega o evangelho, não ora, não se sacrifica, não contribui…não, não, não… E vai empurrando a “cerquinha” pra ficar cada vez mais fácil.
Nos tempos que estamos vivendo, cresce a ilusão e o engano, precisamos manter vigilância sobre nossa vida, para termos certeza que passamos por uma porta estreita e estamos andando no caminho estreito. Precisamos ter certeza disso.

As profecias bíblicas sobre nosso tempo são terríveis: “Devido ao aumento da maldade, o amor de muitos esfriará” (Mateus 24:12)
Jesus nos advertiu para não cairmos nessa vivência de ilusão, nos advertiu para nos acautelarmos de nós mesmos para que nosso coração nunca fique sobrecarregado com as coisas daqui debaixo.

“Tenham cuidado, para não sobrecarregar o coração de vocês de libertinagem, bebedeira e ansiedades da vida, e aquele dia venha sobre vocês inesperadamente. Porque ele virá sobre todos os que vivem na face de toda a terra. Estejam sempre atentos e orem para que vocês possam escapar de tudo o que está para acontecer e estar em pé diante do Filho do homem”. (Lucas 21:34-36)

Jesus nos advertiu sobre os deleites dessa vida, vida boa: comer, beber, se regalar, se deleitar e sobre as preocupações deste mundo. Que nos faz dar mais valor as coisas daqui da terra do que às coisas do Senhor – essa é a iniquidade que faz se cumprir a profecia de Jesus de que muitos esfriarão.
Se pregarem para você um evangelho que fale do amor e da graça de Deus e que não apresente as condições que Jesus apresenta, rejeite de imediato porque é “outro evangelho”.

O evangelho de Jesus coloca condições, nunca confunda o radicalismo de Jesus como legalismo. O radicalismo de Jesus é impor o senhorio e o governo do Rei Jesus sobre a vida do homem.
Se você prega o evangelho de Cristo e tenta viver essa vida de renúncia e não enxergar o outro lado da moeda, que é a graça de Deus, tão pouco está entendendo o que está por trás do evangelho de Cristo de 2 portas e vai ser difícil você andar nesse caminho estreito. É indispensável que você enxergue o que está por trás desse evangelho: o coração do nosso Pai, o coração de Deus.

Esse evangelho que Jesus nos deu, veio do alto, veio do coração do Pai e você precisa conhecer o coração dEle porque senão você vai ficar achando esse evangelho muito exigente e estranho.
A graça de Deus nunca se impõe, a graça conquista. Deus quer teu coração, quer relacionamento contigo. 

A graça de Deus é farta. Deus possui o Universo e tudo que nem está contido no Universo, a eternidade é dEle. A eternidade pertence o Senhor.
Nada falta a Ele e nem aos seus, porque vamos querer algo nosso? Porque vamos desejar alguma garantia terrena nossa? 
O Pai tem fartura e tem o que você mais precisa: tem gozo, júbilo, perdão, santidade, amor, paz. A graça de Deus é farta e você é feito sacerdote e Reino.
Deus é pleno e tem tudo nEle mesmo e pobre de nós, se tendo Ele tão perto, precisarmos de outra coisa nessa vida.

Marcos Moraes 
06/06/2014

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s