Para que Deus criou o homem? Para que você existe?

Qual o desejo de Deus ao criar o mundo e o homem?
Para que Deus criou o homem? Para que você existe?

Deus não fez nada aleatório, Ele tinha um propósito, um objetivo, entenda esse objetivo, entenda a razão da sua existência pela Palavra de Deus, vamos lá.
Desde antes da fundação do mundo Deus tem um propósito em seu coração: ter uma grande família de muitos filhos semelhantes a Jesus, uma grande família de filhos que expressem plenamente a sua glória.

“Porque Deus nos escolheu nele antes da criação do mundo, para sermos santos e irrepreensíveis em sua presença. Em amor nos predestinou para sermos adotados como filhos, por meio de Jesus Cristo, conforme o bom propósito da sua vontade”(Efésios 1:4, 5)

Sabemos que Deus age em todas as coisas para o bem daqueles que o amam, dos que foram chamados de acordo com o seu propósito. Pois aqueles que de antemão conheceu, também os predestinou para serem conformes à imagem de seu Filho, a fim de que ele seja o primogênito entre muitos irmãos. (Romanos 8:28, 29)

O foco da criação não é o homem. O foco é Deus e sua glória.
Você não existe para você mesmo, nem para se auto-satisfazer, nem para ser feliz, nem para ser rico, nem para viver para si mesmo fazendo tudo que deseja e tem vontade, você existe para a glória de Deus aqui na terra e para ser útil para Deus, em Cristo Jesus, você será completo, feliz e terá real sentido para sua vida.

Por isso Deus criou os céus e a terra e colocou sobre a terra o homem e sua mulher, formados a Sua imagem e semelhança. Eles deveriam crescer, multiplicar-se e encher a terra com essa grande família. O pecado, porém, interferiu neste propósito causando um desvio e tornando necessária uma correção: a salvação. Outro equívoco é pensar que a salvação é o propósito, não, não é. A salvação do homem é o meio para se alcançar o propósito de Deus, por isso Jesus veio.
O enfoque humanista, que tem o homem como centro de tudo, ensina erradamente que nosso alvo é ir para o céu. 
O propósito de Deus não começou com a queda do homem. É algo que já estava em Seu coração antes da fundação do mundo.
Por isso, Adão e Eva foram criados à imagem de Deus. Sabemos que cada ser vivo se reproduz segundo a sua própria espécie. Então, quando Adão e Eva se multiplicassem, reproduziriam filhos à imagem de Deus. Esta seria a família de Deus.

O propósito de Deus continua o mesmo; a salvação traz o homem de volta a uma posição adequada para continuar caminhando em direção a ele. Porque o pecado tornou o homem inútil para o propósito de Deus. (Romanos 3:12)
Mas o problema não foi apenas que o homem se tornou culpado diante de Deus, mas também que a sua própria natureza se corrompeu e se estragou. O homem perdeu a vida e a imagem de Deus. Tornou-se uma outra criatura. Não era mais o mesmo homem, era uma homem morto para Deus e inútil para o seu propósito.
Agora, toda a descendência de Adão ficou arruinada e inútil para o Propósito de Deus. (Romanos 5:12)

Mas Deus não desistiu do seu propósito, o que Deus fez para realizar o seu propósito agora que o homem está estragado pelo pecado?
Deus criou uma nova raça de homens. Como Ele fez isto? Através do novo nascimento que todo homem tem que experimentar. 
Pelo nascimento natural (de carne e sangue), pertencemos à raça de Adão, estragada e inútil. Pelo novo nascimento em Cristo, nos tornamos participantes da raça celestial. ( 1 Co 15.45-48)
Adão perdeu a imagem de Deus porque foi rebelde (Gn 3.17). Jesus sempre fez a vontade do Pai (Jo 4.34), em tudo lhe agradou (Jo 8.29) e foi obediente até a morte (Fp 2.8). 

Solução: Deus nos dá uma nova vida em Cristo.
“E, assim, se alguém está em Cristo, é nova criatura; as coisas antigas já passaram; eis que se fizeram novas.” (2 Co 5.17). 
Quando o homem se torna uma nova criatura? 
O homem se torna uma nova criatura, recebe a natureza de Deus (2Pe 1.4) e a imagem daquele que o criou (Cl 3.10), quando crê naquele que o Pai enviou (Jo 6.29), nega-se a si mesmo, toma a sua cruz e perde a sua vida (Mt 16.24,25), recebe o senhorio de Jesus (Rm 10.9) e se batiza em Cristo (Mc 16.16). 
Toda a glória do plano de Deus não se perdeu com o pecado. Deus não desistiu do seu propósito. Qual é a esperança de Deus para cumpri-lo? “Cristo em vós, a esperança da glória” (Cl 1.27). A esperança de Deus é a vida de Cristo em nós. Por meio de Cristo, Deus restaura o seu propósito, gerando uma nova raça de homens à sua imagem e semelhança.

Fonte: Apostila O Propósito Eterno de Deus 
http://palavrasdecristo.files.wordpress.com/2011/03/apostila2.pdf

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s