As motivações do coração: não crie filhos hipócritas.

Em Lucas 6, Jesus usa a analogia de uma árvore para falar do nosso coração, Ele diz: “Nenhuma árvore boa dá fruto ruim, nenhuma árvore ruim dá fruto bom. Toda árvore é reconhecida por seus frutos. Ninguém colhe figos de espinheiros, nem uvas de ervas daninhas. (Lucas 6:43, 44)Image
O teste crucial de uma árvore é o fruto: Fruto bom, árvore boa. Fruto ruim, árvore ruim.
Por trás de nosso comportamento, estão as atitudes de nosso coração, por isso se nos concentrarmos no comportamento externo, estaremos ignorando nossas verdadeiras motivações.
O behaviorismo foca apenas no comportamento externo do homem, mas Jesus que conhece nosso interior, foca nosso coração, ele diz:

“Ai de vocês, mestres da lei e fariseus, hipócritas! 
Vocês limpam o exterior do copo e do prato, mas por dentro eles estão cheios de ganância e cobiça. 
Fariseu cego! Limpe primeiro o interior do copo e do prato, para que o exterior também fique limpo. “
Ai de vocês, mestres da lei e fariseus, hipócritas! Vocês são como sepulcros caiados: bonitos por fora, mas por dentro estão cheios de ossos e de todo tipo de imundície. 
Assim são vocês: por fora parecem justos ao povo, mas por dentro estão cheios de hipocrisia e maldade.” (Mateus 23:25-28)
Jesus disse que o comportamento é resultado do coração e que os fariseus se preocupavam com o exterior e que “Tudo o que fazem é para serem vistos pelos homens.” Mt 23:5
Se ajudarmos nossos filhos a entenderem a importância de seu coração, eles terão consciência das questões de motivação e entenderão que necessitam da graça de Deus para mudarem.
Compreenderão que o comportamento deles procede das atitudes do coração.
O comportamento ímpio procede das atitudes ímpias do coração e o comportamento piedoso procede das atitudes piedosas do coração.
Nós pais somos tentados a recorrer imediatamente ao controle do comportamento e a esquecer o coração.
Exemplo: os filhos estão brigando por causa de 1 brinquedo, como resolverei isso?
1. Qual de vcs pegou primeiro?
. Foco na mudança do comportamento
. Recompensa a criança que pegou primeiro e ignora o egoísmo que brota do coração das duas
. Resolve a briga do momento e deixa o coração como está
2. Quem vai ser bonzinho e ganhar um presente? Ou vai ficar de castigo?
. Foco na mudança do comportamento
. Suborno e ameaça de castigo
. Controla e reprime o comportamento sem tratar o coração
. A manipulação do comportamento através de recompensas e castigos jamais tocará o coração de pedra
3. Pedir graça para mudar
. Uma criança que não quer dividir os brinquedos está refletindo um coração decaído
. Seu egoísmo é resultado da motivação do coração
. O desejo dela está ocupando o lugar de comando e controle do coração dela
. Estas atitudes de motivação do coração são as razões por que nossos filhos tem conflitos uns com os outros
. A dureza de coração não amolecerá por qualquer outro meio que não seja a graça de Deus e o recorrer a Cristo.
Em Tiago 4: 1-2 diz que as guerras e contendas dos desejos que militam dentro de nós e nos influenciam.
O problema do pecado é mais profundo do que as coisas erradas que fazemos e dizemos, nosso problema é interno e somente a graça pode realizar uma transformação radical em nosso coração.
A graça é a capacitação de Deus para fazermos a vontade dEle e não a nossa.
Se nossos filhos forem ensinados que o problema deles é maior do que seu comportamento, eles não terão uma visão superficial da vida cristã nem serão fariseus hipócritas, eles irão reconhecer que necessitam da graça de Deus e de sua misericórdia.
Ezequiel 36 fala sobre todas as coisas de que precisamos para estar diante de Deus: perdão, purificação, mudança interior radical e capacitação para obedecer.
“Aspergirei água pura sobre vocês e ficarão puros; eu os purificarei de todas as suas impurezas e de todos os seus ídolos. 
Darei a vocês um coração novo e porei um espírito novo em vocês; tirarei de vocês o coração de pedra e, em troca, darei um coração de carne. Porei o meu Espírito em vocês e os levarei a agir segundo os meus decretos e a obedecer fielmente às minhas leis. 
Vocês habitarão na terra que dei aos seus antepassados; vocês serão o meu povo, e eu serei o seu Deus”.(Ezequiel 36:25-28 NVI)
. Precisamos de um transplante de coração que é prometido na graça da nova aliança (vs 26)
. Precisamos ser purificados de nossas motivações impuras (vs 25)
. Tanto nós como nossos filhos precisam de uma mudança radical e completa
. Somente a graça de Deus pode mudar o coração – é obra de Deus.
. Precisamos não somente de uma mudança interior, mas tb de capacitação (vs 27)
. Temos a garantia de que a graça de Deus nos capacita 
Quanto mais profundo for o conhecimento de nossos filhos acerca da malignidade de seus corações, tanto mais profunda será a sua compreensão da necessidade da graça de Deus.
As crianças que compreendem o coração compreendem a si mesmas e aos outros, em Marcos diz: 
“Pois do interior do coração dos homens vêm os maus pensamentos, as imoralidades sexuais, os roubos, os homicídios, os adultérios, as cobiças, as maldades, o engano, a devassidão, a inveja, a calúnia, a arrogância e a insensatez.
Todos esses males vêm de dentro e tornam o homem impuro”. (Marcos 7:21-23 NVI)
Podemos ver essas coisas em nossos filhos: ganância na hora de dividir o bolo, inveja do irmão, calúnia entregando um ao outro, malícia. A Bíblia diz que isso tudo vem do coração.
O coração era a maior ênfase do ministério de Jesus, no Sermão do Monte ele diz: “Bem-aventurados os puros de coração, pois verão a Deus.” (Mateus 5:8)
Nosso coração é possuído pelo nosso tesouro: “Pois onde estiver o seu tesouro, aí também estará o seu coração.” (Mateus 6:21 NVI)
Os fariseus eram perfeitos no cumprimento da justiça, mas Jesus estava preocupado com o coração: “Pois eu digo que, se a justiça de vocês não for muito superior à dos fariseus e mestres da lei, de modo nenhum entrarão no Reino dos céus.” (Mateus 5:20 NVI)
Em todo seu ensinamento, Jesus demonstrou a importância do coração: “
“Vocês ouviram o que foi dito: ‘Não adulterarás’. Mas eu digo: Qualquer que olhar para uma mulher e desejá-la, já cometeu adultério com ela no seu coração. (Mateus 5:27, 28 NVI)
Gastamos muito tempo cuidando do homem exterior, mas Deus se preocupa com o coração: O Senhor, contudo, disse a Samuel: “Não considere sua aparência nem sua altura, pois eu o rejeitei. O Senhor não vê como o homem: o homem vê a aparência, mas o Senhor vê o coração”. (1 Samuel 16:7 NVI)
Nossos filhos nunca interpretarão a vida de forma correta, se não compreenderem que o coração dirige toda a nossa vida.
“Acima de tudo, guarde o seu coração, pois dele depende toda a sua vida.” (Provérbios 4:23 NVI)
Como pais, necessitamos da capacitação do Espírito Santo para levarmos nossos filhos aos pés da cruz.
Fonte: livro Instruindo o coração da criança ( Tedd Tripp)

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s