As delícias e prazeres da riqueza e sua armadilha mortal

Imagem
O que os pregadores do Evangelho da Prosperidade fizeram com esses textos na bíblia deles?

Apagaram com borracha?

1. Alerta de Jesus contra a ganância e as riquezas:
“Então Jesus lhes disse: “Cuidado! Fiquem de sobreaviso contra todo tipo de ganância; a vida de um homem não consiste na quantidade dos seus bens”.


Então lhes contou esta parábola: “A terra de certo homem rico produziu muito. Ele pensou consigo mesmo: ‘O que vou fazer? Não tenho onde armazenar minha colheita’. “Então disse: ‘Já sei o que vou fazer. Vou derrubar os meus celeiros e construir outros maiores, e ali guardarei toda a minha safra e todos os meus bens. 
E direi a mim mesmo: Você tem grande quantidade de bens, armazenados para muitos anos. Descanse, coma, beba e alegre-se’. “Contudo, Deus lhe disse: ‘Insensato! Esta mesma noite a sua vida será exigida. Então, quem ficará com o que você preparou?’ “Assim acontece com quem guarda para si riquezas, mas não é rico para com Deus”. (Lucas 12:15-21 NVI)

2. Alerta de Jesus sobre o perigo de correr atrás de bens materiais e de onde colocar o coração:
“Não busquem ansiosamente o que comer ou beber; não se preocupem com isso. Pois o mundo pagão é que corre atrás dessas coisas; mas o Pai sabe que vocês precisam delas. 
Busquem, pois, o Reino de Deus, e essas coisas serão acrescentadas a vocês. Vendam o que têm e deem esmolas. Façam para vocês bolsas que não se gastem com o tempo, um tesouro nos céus que não se acabe, onde ladrão algum chega perto e nenhuma traça destrói. 
Pois, onde estiver o seu tesouro, ali também estará o seu coração.” (Lucas 12:29-31, 33, 34 NVI)

3. O apóstolo Paulo nos alerta sobre a ruína, a destruição, os males e o perigo de nos afastarmos de Deus por causa da riqueza:
“pois nada trouxemos para este mundo e dele nada podemos levar; por isso, tendo o que comer e com que vestir-nos, estejamos com isso satisfeitos. 
Os que querem ficar ricos caem em tentação, em armadilhas e em muitos desejos descontrolados e nocivos, que levam os homens a mergulharem na ruína e na destruição, pois o amor ao dinheiro é a raiz de todos os males. 
Algumas pessoas, por cobiçarem o dinheiro, desviaram-se da fé e se atormentaram com muitos sofrimentos.”
(1 Timóteo 6:7-10 NVI)

Nas escrituras encontramos vários textos nos alertando sobre como o dinheiro e a riqueza são um perigo, um laço pra o homem, uma armadilha para nos afastar de Deus.
Essa armadilha tão tentadora e sedutora aliada ao nosso coração enganoso e que nos trai, é uma ponte para o inferno.
Os pregadores da prosperidade, só mostram as delícias de se ter dinheiro, só falam dos prazeres que ele nos proporciona e dos ” direitos” a bênçãos que os ” filhos de Deus” possuem, subjugando Deus quase como nosso mordomo, um deus quase obrigado a satisfazer todos nossos caprichos materiais, numa atitude irreverente e petulante diante do Grande Eu Sou.

“Examinem-se para saber se estão na fé”, diz Paulo em 2 Coríntios 13:5 porque podemos estar ouvindo ( aceitando) uma pregação distorcida do Evangelho do Reino de Deus e nos contaminarmos, nos envenenarmos e nos afastarmos de Deus e do seu Governo em nossa vida.

Assim diz o Senhor : “Maldito é o homem que confia nos homens, que faz da humanidade mortal a sua força, mas cujo coração se afasta do Senhor. 
O coração é mais enganoso que qualquer outra coisa e sua doença é incurável. Quem é capaz de compreendê-lo? 
Eu sou o Senhor que sonda o coração e examina a mente, para recompensar a cada um de acordo com a sua conduta, de acordo com as suas obras.” (Jeremias 17:5, 9, 10 NVI)

image

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s